segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Cara a cara com a felicidade

Acordei com uma vontade enorme de extravassar a felicidade existente em mim, uma vontade de colocar todos os meus mal-humores de lado e realmente mostrar para os outros, e principalmente para mim mesma, toda a felicidade que estava guardada, ou melhor, escondida atrás de tantas mágoas.
Fui até a janela, abri a cortina e vi que o sol estava lá, contudo eu não estava achando pelo fato deu mesma ter o impedido de entrar, notei o cão lindo é o canto dos passáros, observei bastante um simples cachorrinho brincando com uma bolinha qualquer e quanto ele estava se sentindo feliz com um simples objeto, ao observar essa cena, pude perceber que é exatamente as coisas simples que nos proporciona a verdadeira felicidade.
Ao ir ao banheiro, começei a observar a imagem surgida no espelho, e ao reparar cada detalhe de um rosto que ainda escondia o traço mais marcante da felicidade, pude perceber que esta "pessoa" que estava a minha frente é única neste mundo que realmente pôde ajudar-me a vencer os obstáculos que impedem que flores sejam mais observadas. Até então que um sorriso foi surgindo aos poucos, e a imagem tão observada passou a ter um aspecto bem melhor, e durante alguns minutos veio boas lembranças à minha cabeça, e ao lembrar de cada momento vivenciado, uma euforia sem fim também surgiu.
Logo depois de ter passado horas, tirei como conclusão que a felicidade estava à minha frente, contudo eu mesma estava impedindo que ela entrasse.

2 comentários:

  1. HEY CARAMELHO,
    Estou seguindo seu blog, e deixei meu comentário se poder fazer o mesmo agradeço ...
    Beijinhos e Sonhos Doce '
    ------------------------------------------------
    chuvaadenovembro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Vou sim até o seu blog, agradeço pela visita!

    ResponderExcluir